É composto de um livro de arte e uma exposição fotográfica itinerante com as fotos mais representativas do Projeto.
São quatro favelas documentadas. Favela da Maré, Favela da Rocinha, Favela do Morro São João / Morro do Encontro e Favela da Catacumba na Lagoa Rodrigo de Freitas.

RIO - FAVELAS CARIOCAS 1970 através de centenas de fotos tiradas em final da década de 60 e início década 70 e, fazendo contraponto com registros fotográficos feitos hoje nos mesmos locais, mostrará as modificações por que estas comunidades passaram nos últimos 40 anos.

O Projeto desmistifica uma série de mitos possibilitando uma melhor compreensão destas comunidades e ajudando na busca de soluções. Fornece subsídios para o estudo e compreensão do fenômeno de favelização que atinge a maioria das capitais brasileiras.

Esta publicação é também um importante documento iconográfico e, juntamente com dados estatísticos, históricos e urbanísticos, mapas e fotos de satélite, fornece elementos para a compreensão da vida interna destas comunidades e subsídios para a busca de soluções.

O Projeto ajudará as pessoas a compreenderem como é o dia a dia numa favela e irá sem dúvida se tornar um importante instrumento para que se elimine mitos e preconceitos enraizados na sociedade permitindo uma forma mais direta e realista de se abordar o assunto.

O livro RIO - FAVELAS CARIOCAS 1970 com 230 páginas e 250 fotos no formato 20x25cm, editado pelo fotógrafo Fernando Bergamaschi de Souza, foi prefaciado pelo historiador professor Décio Bergamaschi Freitas, e com textos em português e inglês elaborados pela antropóloga/cientista politica americana professora Janice E. Perlman.

O moderno projeto gráfico e arrojado design editorial valorizou em muito o conteúdo da Obra, fazendo com que a empresa Apoiadora possa oferecer aos seus públicos de interesse um belo presente de significativo valor cultural.

A empresa receberá livros de arte com seu nome e logotipo impressos como Apoiadora do Projeto, além de toda a promoção com seu nome sendo divulgado em uma exposição fotográfica itinerante que irá percorrer diversas cidades.
A idéia é fazer o lançamento do livro juntamente com a exposição fotográfica, o que irá enriquecer as duas ações e propiciar um maior apoio das mídias.

As empresas interessadas no PROJETO RIO - FAVELAS CARIOCAS 1970 poderão entrar em contato através do email berga@apoicultural.com.br e/ou telefones listados abaixo.

Documentos do Projeto

O PROJETO RIO - FAVELAS CARIOCAS 1970, já esteve aprovado sob os auspícios da Lei Rouanet, pelo Ministério da Cultura sob o Nº 02-3267 com o valor autorizado para captação de R$256.710,00 (duzentos e cinquenta e seis mil setecentos e dez reais). Pode ser enviado novamente para aprovação.

Projeto aprovado pelo Ministério da Cultura - Secretaria do Livro e Leitura em 15 de outubro de 2002 ; Processo nº01400006744/02-68 ; Nº PRONAC 02 3267 ; Área: Humanidades ; R$256710,00 ; Publicado no Diário Oficial da União Nº 201 em 16 de outubro de 2002

Prorrogação do Projeto para 2003 pelo MINC - Doc1 - Doc2

2003 - Prorrogação publicada no Diário Oficial da União Nº23 em 31 de janeiro de 2003 - Portaria 32: Doc1 - Doc2

2004 - Prorrogação publicada no Diário Oficial da União Nº15 em 22 de janeiro de 2004. - Portaria 26:

 

Páginas do livro "RIO - FAVELAS CARIOCAS 1970"

clique no foto para ampliar

capa canta37 canta40 canta41 canta42
capa1 Catacumba pg37 Catacumba 1968 Catacumba 1968 Catacumba 1968
canta44 canta49 canta50 esta161 esta162
Catacumba 1968 Catacumba 2001 Catacumba 2001 aérea pg161 aérea pg162
esta163 esta164 esta166 estat151 mapa159
aérea pg163 aérea pg164 aérea pg166 estatistica pg151 mapa pg159
intro intro25 mare mare53 mare55
mare pg55 mare 1971 mare 1971 mare 1971 mare 1971
mare61 mare62 mare63 mare64 mare65
mare 1971 mare 1971 mare 1971 mare 1971 mare 1971
mare67 mare68 mare69 mare70 mare71
mare 1971 mare 1971 mare 1971 mare 1971 mare 1971
mare72 mare75 mare79 mare86 mare87
mare 1971 mare 1971 8mare 1971 mare 2001 mare 2001
mare88 mare91 rocinha roc109 roc111
mare 2001 mare 2001 rocinha   rocinha pg109 rocinha pg111
roc113 roc114 roc116 roc117 roc119
rocinha 1971 rocinha 1971 rocinha 1971 rocinha 1971 rocinha 1971
roc120 roc122 roc123 roc124 roc125
rocinha 1971 rocinha 1971 rocinha 1971 rocinha 1971 rocinha 1971
roc128 roc132 roc133 roc134 roc136
rocinha 1971 rocinha 1971 rocinha 1971 rocinha 1971 rocinha 1971
roc143 roc145 roc146 sjoao bibli187
rocinha 2001 rocinha 2001 rocinha 2001 encontro 1971 bibliografia pg187
sj101 sj97 sj103 sj104 sj102
são joão 1971 são joão pg97 são joão 1971 são joão 1971 são joão 1971

EQUIPE

top

Fernando Bergamaschi de Souza - Fotografia

Experiência

Fotógrafo, designer gráfico e ilustrador no Sul do Brasil que tem como foco a Imagem. Imagem feita com imaginação, e artes gráficas usada com muita técnica e arte. Com mais de 35 anos realizando centenas de serviços para agências de propaganda, designers, corporações e indústrias do Brasil e do exterior.

Tipos de trabalho

Fotografia industrial, corporativa e publicitária. foto-ilustração, retoque, efeitos especiais, home pages, fotos para relatório anual, foto aérea, retrato de executivos. Design gráfico de catálogos e folhetos, do layout até a impressão. Acompanhamento gráfico, da foto até a gráfica.

Sites e blogs com portfólios

http://www.apoiocultural.com.br/
http://www.designdeimagem.com.br/
http://www.photoindustrial.com/
http://blog.photoindustrial.com/

Social Network sites com portfólio

Behance ; Facebook ; Photoindustrial FacebookPAGE ; Designdeimagem FacebookPAGE ; ApoioCultural FacebookPAGE ; Google+ ; Page on Google+ ; Internations ; LinkedIn ; LinkedInPAGE ; Naymz ; Viadeo ; Xing ;

Imagens Flickr(ApoioCultural) ; Picasa

Link e bookmark sites

delicious ; digg ; Diigo ; Pinterest ; FriendFeed ; StumbleUpon ; youTube ; youTube ; TwitterPhotoIndustrial ; TwitterApoioCultural ; TwitterDesigndeImagem ; Vimeo ;

Folhetos e curriculo em PDF

Box.net ; SlideShare ; issuu ;

Contato

Rua Cel. Gomes de Carvalho,124
Porto Alegre - RS - CEP91920 - 650

Rio de Janeiro
Tel.: +55 21 em mudança
Porto Alegre
Tel-Fax.: +55 51 32220786 — Cel 97116543
São Paulo
Tel.: +55 11 em mudança
Email
berga@apoiocultural.com.br

Contato via Web

Skype — fernandoberga
AIM — fernandoberga
MSN Messenger — berga@photoindustrial.com
Yahoo Messenger — fernando_bergamaschi

Top

Décio Bergamaschi Freitas - Prefácio

Décio Bergamaschi Freitas nasceu em 06 de setembro de 1922, no município gaúcho de Encantado. Formou-se em Direito, em 1949, na UFRGS, e em História, durante os anos do exílio político (1964-74), na Universidade Nacional de Montevidéu.
Desde a juventude, sempre inquieto com as condições e contradições sociais do Brasil, entregou-se à luta para mitigar as diferenças e os abismos que separam os brasileiros.
Em todas as profissões que exerceu - foi jornalista, advogado e professor universitário - revelou, acima de tudo, o pendor humanista.
Foi nos anos de exílio político que escreveu a obra que, como ele próprio dizia, “é uma declaração de amor pelo Brasil”: PALMARES - A GUERRA DOS ESCRAVOS.
Na volta do exílio, preocupado com seus companheiros, envolveu-se apaixonadamente na luta para restituir os direitos civis dos expatriados e foi presidente do Comitê Nacional de Anistia.
Participou ativamente dos movimentos para a redemocratização do país. Restabelecida a democracia, dedicou-se ao pensamento dos problemas brasileiros, escrevendo e publicando vários livros.
Em seus artigos - Folha de São Paulo e Zero Hora (por mais de 30 anos) - os problemas sociais sempre ditaram a pauta.
Faleceu em 09 de março de 2004.

Was born in Encantado city Rio Grande do Sul - Brazil in September,06,1922.
In 1949 diplomate as a Lawyer at UFRGS. As a political exiled in 1964-1974, certificate in History at Universidade Nacional de Montevidéu.
Since his youth, always worried about the enormous social differences in Brazil, started to fight against injustices. In all the professions he worked, lawyer, journalist and university teacher he revealed his humanist personality.
It was in his years in exile he wrote a book that as he liked to say “was a labor of love to Brazil”. PALMARES - A GUERRA DOS ESCRAVOS.
Back from exile he, worried with his companions, fight with love to give back his companions their civil rights and was the president of National Committee for Amnesty.
Participate actively for the redemocratization of Brazil. With the return of democracy he dedicated for the national problems writing many books.
He wrote to the newspapers Folha de São Paulo e Zero Hora during more than 30 years, always with the social problems in view.
Died in March 09,2004